8 de fevereiro de 2023
MUNDO

Como um jogador brasileiro influenciou a fé do atacante da seleção holandesa

Cody Gakpo e Carlos Vinicius jogaram juntos no PSV. (Foto: Instagram/Cody Gakpo/Carlos Vinicius)

Embora a Holanda já não esteja mais competindo na Copa do Mundo 2022, a fé dos jogadores da seleção se tornou destaque no Catar.

Um dos jogadores que teve um importante papel nisso é Cody Gakpo, que é meia-atacante do PSV e um cristão aberto sobre sua fé.

Durante uma entrevista à mídia oficial da Fifa, o lateral-direito da seleção holandesa, Denzel Dumfries, revelou que a equipe foi influenciada pela fé de Gakpo.

Na quinta-feira passada (8), o técnico da seleção holandesa, Louis van Gaal, confirmou que seus jogadores faziam reuniões de oração juntos e que achava isso “fantástico”, em entrevista ao site NU.nl.

Cerca de 15 dos 26 jogadores estavam participando das reuniões, incluindo jogadores que não são cristãos. O técnico aprovou os encontros de oração, embora não fizesse parte.

Dumfries e os outros jogadores holandeses foram influenciados por Gakpo. Por sua vez, Gakpo foi influenciado pelo jogador brasileiro Carlos Vinicius.

Jogador brasileiro influenciou Cody Gakpo

Cody Gakpo participa do “Verbo Connect Eindhoven”, na Holanda, um ponto de pregação da Igreja Verbo da Vida. Ele começou a frequentar o grupo através de um convite de Carlos Vinicius, que na época também atuava pelo PSV.

“Eu conheci o grupo através do Vinicius. Ele jogava comigo no PSV e me convidou para ir ao culto. Eu estou muito feliz pelo Vinicius ter nos falado sobre os encontros porque eu gosto muito e eu sou muito grato a Deus por ter jogado com ele”, disse Gakpo em entrevista à equipe do Verbo Connect.

Hoje o centroavante está na Inglaterra, atuando no Fulham, mas continua sendo uma referência para os atletas holandeses que participam do grupo. “O Vinícius é um exemplo para nós, sobre como devemos agir como um atleta cristão e como devemos espalhar a Palavra de Deus”, disse Gakpo.

Cumprindo o ‘ide’

O projeto Verbo Connect em Eindhoven é liderado pelo pastor brasileiro Freddie Cardoso. As reuniões acontecem, desde setembro de 2021, com a congregação formada em boa parte por jogadores do PSV.

As reuniões começaram na casa de Carlos Vinicius, quando estava no PSV. “Começamos a fazer um culto de oração na casa dele e ele começou a chamar os outros jogadores”, disse o pastor.

Vinicius tem usado sua profissão como um meio de influenciar outros atletas com os valores do Reino.

“Eu me alegro porque Deus tem nos dado estratégias para que possamos levar o nome Dele dentro dos vestiários. Eu sempre orei ao Senhor para que Ele me usasse no meio do futebol. Esse é o foco da missão: que jogadores venham entender que o caminho, a verdade e a vida é Jesus. E, acima de tudo, pregar com um bom testemunho para que mais pessoas sejam alcançadas”, disse ele.

Atualmente, as reuniões continuam em formato híbrido — presencialmente, em um hotel, e online, com cultos semanais que conecta pessoas de toda a Europa.

“Estamos muito felizes com o que Deus tem feito em Eindhoven. Tem jogador que está tão impactado que tem pregado a Palavra para os amigos e tem batizado as pessoas na casa dele”, disse o pastor Freddie.

Para Gakpo, fazer parte dos encontros fez toda a diferença em sua caminhada com Deus. “É realmente um sentimento incrível que eu tenho a cada vez que eu estou nos cultos. É realmente uma alegria e eu sempre fico com expectativa para poder estar no próximo”, disse.

“Eu aprendo muito da Palavra de Deus e eu penso que, para nós cristãos, neste mundo do futebol, é muito importante mantermos o foco na Palavra, sabe? Para que a gente não tenha o impulso de pecar ou algo assim, mas que a gente tenha o impulso de comer sempre mais da Palavra de Deus, sabe?”, concluiu.

GuiaMe