7 de outubro de 2022
MUNDO

“Jesus é a coisa mais real que aconteceu comigo”, testemunha ex-guitarrista do Korn

Brian “Head” Welch, guitarrista da banda de metal “Korn”, falou sobre o impacto que Jesus trouxe em sua vida, o transformando em um “novo Brian”, durante uma sessão de perguntas e respostas em Oslo, na Noruega, dias antes do The Send.

“Havia um velho Brian e agora há um novo Brian”, disse o guitarrista em uma sessão promovida pelo ministério Steiger International.

O músico de 52 anos disse que antes de caminhar com Cristo, sua vida era regada a alcoolismo e drogas. “Queríamos estar bêbados e loucos como as estrelas do rock e fizemos isso por um tempo”, disse Welch. “Mas eu amo o novo eu e sou muito grato por ser quem sou hoje.”

Brian fez parte da fundação do Korn, que se tornou uma das maiores bandas de metal do mundo. Enquanto fazia shows e faturava milhões, o guitarrista travou diversas lutas pessoais, como o vício e o divórcio. 

Depois de 12 anos na banda, em 2005, o Korn anunciou que Brian havia deixado o grupo porque ele “escolheu o Senhor Jesus Cristo como seu salvador e dedicará suas atividades musicais a esse fim”.

“Eu encontrei a minha fé e deixei a banda, porque eu precisava descobrir quem era Deus para mim. Eu não queria uma religião. Eu não queria que um homem me controlasse. Eu queria ser livre. Eu queria estar livre da minha depressão, livre do alcoolismo, das drogas, mas acima de tudo, queria ser livre como a pessoa que eu sou agora”, disse Brian.

No entanto, em sua caminhada cristã, Brian sente que acabou perdendo a noção da graça de Deus e se tornando um religioso: “Quando saí do Korn, fui embora e fui meio estúpido com isso no começo. Meu coração estava certo, eu queria me sentir livre. Mas, ao mesmo tempo, eu era meio fanático e assustava todos que me amavam”, disse. “Mas encontrei um equilíbrio.”

Welch voltou ao Korn em maio de 2013 e tem usado os bastidores do mundo do rock para falar de sua fé. Mas também enfrentou críticas como “Korn é do diabo” e “todos vocês vão para o inferno”, ele conta.

As críticas não o afastaram de sua fé, porque Deus é real e vivo, segundo o rockeiro. “Eu estava conversando com um fã do Korn na rua mais cedo e eu disse: ‘Olha, são quase 20 anos. Se isso não fosse real, eu tinha ido embora há muito tempo. É a coisa mais real que aconteceu comigo.”

Jesus não veio só te salvar, mas estabelecer o Reino

Brian diz que passou a mergulhar na Palavra de Deus e aprendeu várias lições deixadas por Cristo que o ajudaram. Uma delas é o conceito de Reino apresentado por Jesus. 

“Todos achamos que vivemos esta vida, depois morremos e vamos para o céu se formos uma boa pessoa, certo? Mas essa não foi a mensagem deixada por Jesus. Ele mostrou que há vida após a morte com Ele, mas Ele disse que o reino dos céus não é aqui ou ali. Ele disse que o reino dos céus está dentro de você”, disse. “Não temos que esperar até morrer para experimentar Jesus.”

E continuou: “O cristianismo é a única fé que virá com um depósito que você pode ter agora. E o depósito é o Espírito de Cristo. E a Bíblia diz que o pagamento inicial garantirá o que está por vir. É o único lugar que tem isso. E isso acontece dentro de você.”

Brian diz que no começo, não entendia muito bem algumas palavras da Bíblia e achava isso estranho, mas “estava tão deprimido e perdido” que encontrou esperança nessas palavras. “Eu provei que estava certo, porque Jesus diz que se você buscar e buscar e buscar, você encontrará. E eu encontrei”, finalizou.

GuiaMe