28 de novembro de 2022
MUNDO

Pesquisador diz que oração causa impacto positivo no cérebro de jovens

Jovem de joelhos em cima do palco. (Foto: Luis Alberto Sánchez Terrones / Unsplash)

O pesquisador Dr. Josh Packard, que estuda os jovens, fez a impressionante descoberta de que aqueles que oram e têm uma conexão com Deus têm mais probabilidade de florescer em relação à felicidade e à saúde mental.

Desta forma, Packard, diretor executivo do Instituto de Pesquisa Springtide, comentou sua extensa pesquisa com jovens de 13 a 25 anos de idade, observando que os estudos há muito descobriram que “a religião é boa para você”.

“A fé e a espiritualidade são boas para você. Se você é uma pessoa que acredita em algum tipo de poder superior e tem uma conexão com esse poder superior, você geralmente está florescendo mais do que seus pares”, revelou.

Além disso, segundo Faith Wire enquanto a América enfrenta uma epidemia de saúde mental [crises] entre os jovens, Packard afirma que aqueles que oram tendem a ser mais bem sucedidos em todas as áreas, incluindo sua saúde mental.

Portanto, Packard disse que há lições nas descobertas do Springtide Research Institute que podem informar tanto a cultura quanto as igrejas, especialmente em uma época em que a fé está sendo minimizada ou diminuída.

“Os jovens ficariam melhor se mais deles tivessem uma conexão com algo maior do que eles mesmos. Mas também, acho que muitas instituições e líderes religiosos fariam bem em levar em conta a saúde mental, para que, assim como a fé e a crença, pudessem fazer parte da abordagem geral da saúde de alguém”, disse.