25 de setembro de 2022
BRASIL

Frente Parlamentar Evangélica promete leis para impedir ataques contra igrejas

A onda de ataques contra igrejas cristãs está preocupando os políticos da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) que já emitiram uma nota prometendo leis para coibir tais atos.

A Lei Brasileira já protege o culto e o lugar de culto, penalizando o vilipêndio e os crimes ocasionados por preconceito por religião.

Ainda assim, diante dos últimos casos, novos projetos devem ser apresentados no Congresso Nacional.

“A FPE tem trabalhado em apoio aos projetos de Lei que garantem o direito de livre culto e expressão em nosso país”, diz a nota postada nas redes sociais.

Para a bancada evangélica, os ataques a cultos e missas tem a “finalidade de censurar e impedir a reunião de oração, amparada por lei”.

Na última semana, por exemplo, uma templo da Assembleia de Deus em Jaboatão de Guararapes (PE) foi pichado com palavras como “bichas”, “idiotas” e “Deus é gay”. Há algumas semanas, dois ataques a igrejas evangélicas do Ceará foram registrados, causando grande preocupação aos evangélicos daquele estado.

“A intolerância religiosa tem se intensificado em nosso país, gerando preconceitos em altíssimo grau e níveis, onde templos têm sido invadidos, destruídos, crenças e celebrações vêm sendo zombadas publicamente, além de que a violência física e inescrupulosa fez-se uma dura realidade”, preocupa-se a Frente Evangélica.

Via Exibir Gospel